32 fotos tiradas na hora certa de crianças brincando ao redor do mundo

Mesmo quem não tem muitas lembranças da infância já deve ter percebido que uma criança não precisa de muito para se divertir.

Criança não precisa de brinquedos caros porque a imaginação e a inocência juntas são capazes de criar inúmeras brincadeiras.

Em uma crítica certeira à introdução descontrolada de brinquedos tecnológicos na vida de crianças, o pessoal do Bored Panda selecionou essas fotografias mágicas de crianças brincando.

Da Indonésia à Itália, eu acho que você também vai se divertir com esses pequeninos.

Indonésia

1.

Crianças brincando (1)

Fonte: 500px.com

2.

Crianças brincando (2)

Fonte: 500px.com

3.

Crianças brincando (3)

Fonte: 500px.com

4.

Crianças brincando (4)

Fonte: 500px.com

Rússia

5.

Crianças brincando (5)

Fonte: 500px.com

6.

Crianças brincando (6)

Fonte: 500px.com

Burkina Faso

7.

Crianças brincando (7)

Fonte: 500px.com

Myanmar

8.

Crianças brincando (8)

Fonte: theopen.ca

Tajiquistão

9.

Crianças brincando (9)

Fonte: 500px.com

Índia

10.

Crianças brincando (10)

Fonte: sandeepachetan.com

11.

Crianças brincando (11)

Fonte: 500px.com

12.

Crianças brincando (12)

Fonte: 500px.com

Vietnã

13.

Crianças brincando (13)

Fonte: 500px.com

Gana

14.

Crianças brincando (14)

Fonte: flickr.com

Estônia

15.

Crianças brincando (15)

Fonte: blog.elikahunt.com

Tailândia

16.

Crianças brincando (16)

Fonte: 500px.com

17.

Crianças brincando (17)

Fonte: 500px.com

18.

Crianças brincando (18)

Fonte: 500px.com

África do Sul

19.

Crianças brincando (19)

Fonte: blogs.ft.com

20.

Crianças brincando (20)

Fonte: tinosoriano.com

Peru

21.

Crianças brincando (21)

Fonte: reuters.tumblr.com

Etiópia

22.

Crianças brincando (22)

Fonte: 500px.com

Itália

23.

Crianças brincando (23)

Fonte: 500px.com

Israel

24.

Crianças brincando (24)

Fonte: photography.nationalgeographic.com

Estados Unidos

25.

Crianças brincando (25)

Fonte: 500px.com

Indonésia

26.

Crianças brincando (26)

Fonte: 500px.com

27.

Crianças brincando (27)

Fonte: 500px.com

28.

Crianças brincando (28)

Fonte: 500px.com

29.

Crianças brincando (29)

Fonte: flickr.com

Uganda

30.

Crianças brincando (30)

Fonte: 500px.com

Romênia

31.

Crianças brincando (31)

Fonte: 500px.com

Rússia

32.

Crianças brincando (32)

Fonte: 500px.com

Qual sua foto favorita?

Se você gostou dessa seleção de fotografias, clique no botão abaixo e compartilhe com seus amigos e familiares.

Fonte: AWEBIC


Confira também acervo de livros da Livraria Roveran.

Anúncios

Tim Harris: Da Síndrome de Down ao sucesso empresarial

tim-harris

O proprietário do Tim’s Place, um restaurante americano localizado em Albuquerque, EUA, acorda todo dia às 05.30h, se arruma e chega ao restaurante dançando e com um belo sorriso estampado no rosto. Com uma simpatia contagiante, Tim Harris, 28 anos, portador de Síndrome de Down, recebe todos os clientes na porta e motiva seus funcionários a trabalharem felizes.

Tim sempre sonhou em ter seu próprio restaurante e, antes de abrir o seu em 2010, trabalhou em vários locais e fez vários cursos para desenvolver habilidades em escritório e aumentar seu conhecimento na área de food service.

Além de pratos e lanches, como panquecas, ovos fritos e bacon, por sugestão do próprio Tim, as refeições vêm acompanhadas de um item muito especial do cardápio: o abraço. Você pode escolher o abraço sem calorias, o livre de culpa ou o que vai melhorar seu sopro de vida. Os clientes ficam encantados com a alegria de Tim, que carinhosamente recebeu o apelido de “a máquina de abraços”.

“O restaurante mais amigável do mundo está aberto para café, almoço e abraços”, anuncia Tim que já distribuiu mais de 40 mil abraços, segundo o contador disponível na página do restaurante (acesse aqui). Tim nunca deixou que a síndrome de Down o impedisse de realizar seus sonhos e conseguiu provar que limitações são conceitos ultrapassados pra quem quer o melhor para si e para o mundo.

“Pessoas com deficiência podem fazer o que quiserem. Eles são especiais! Nós somos um presente para o mundo”, conclui o feliz proprietário.

Confira a emocionante história de superação:

NUNCA se deixe abater!


Confira também, a história do Flávio Augusto, o empresário brasileiro que criou o Wise Up, no livro Geração de Valor.

Escritor conta história de tuítes que arruinaram a vida de seus autores

Usuários do Twitter que tiveram sua reputação destruída após postarem mensagens infelizes foram entrevistadas pelo galês Jon Ronson.

App do Twitter ganha função para ler tuítes publicados na ausência do usuário (Foto: Reprodução/Twitter)

Usuários do Twitter que tiveram sua reputação destruída após mensagens infelizes foram entrevistados em livro (Foto: Reprodução/Twitter)

Não importava quantas vezes ela se justificasse: ao se converter em “trending topic” número um do Twitter, não havia nada que Justine Sacco pudesse fazer.

Em dezembro de 2013, a relações públicas de 30 anos esperava no aeroporto de Heathrow (Londres) por um voo à Cidade do Cabo, na África do Sul. Pouco antes de embarcar, compartilhou um tuíte com seus 170 seguidores: “Estou indo para a África. Espero não pegar HIV. Brincadeira. Sou branca”.

Nunca imaginou as consequências da mensagem infeliz, que mais tarde ela explicaria ser uma brincadeira ironizando a “bolha” em que vivem os americanos com relação à realidade de países em desenvolvimento.

Considerado ofensivo e preconceituoso por muitos, o tuíte de Sacco foi compartilhado milhares de vezes durante as horas em que ela estava dentro do avião – e enquanto usuários das redes sociais a xingavam e pediam que ela fosse demitida da empresa onde trabalhava, algo que acabou acontecendo. E Sacco só soube de tudo isso quando seu voo pousou.

Até o milionário Donald Trump tuitou pedindo a demissão dela; outro usuário comentou: “É impressionante ver como alguém se autodestrói sem sequer saber”.

A IAC, empresa midiática onde Sacco trabalhava, anunciou a demissão dela publicamente, também via Twitter: “Esse é um assunto muito sério para nós. Já não temos mais relação com a funcionária em questão”.

A história de Sacco é uma das contadas pelo escritor galês Jon Ronson no recém-lançado livro “So You’ve Been Publicly Shamed” (“Então você foi envergonhado publicamente”, em tradução livre), com depoimentos de pessoas que tiveram suas reputações destruídas na internet.

“Quando conheci Sacco, ela estava confusa, irritada. Depois do que aconteceu, ela não dormia; acordava no meio da noite sem saber quem era, sentia que sua vida não tinha propósito”, diz Ronson em entrevista à BBC. “Até então, ela tinha uma carreira bem-sucedida, que a fazia feliz. Mas tiraram essa satisfação dela. E as pessoas ficaram felizes com isso”.

Misoginia
Ronson agrega que Sacco foi alvo de todo tipo de comentários, “mas muitíssimos deles eram misóginos. (Insultos) acontecem com frequência quando se trata de uma mulher”.

Adria Richards viveu algo parecido. Em março de 2013, ela estava na plateia de uma conferência de programadores na Califórnia quando escutou um comentário sussurrado na fila de trás.

O comentário era uma piada de teor sexual que fazia um jogo de palavras com termos comumente usados no mundo da informática. Indignada com a piada, Richards tirou uma foto de seu autor, Hank, e a compartilhou a seus mais de 9 mil seguidores no Twitter, criticando o comentário que ele tinha feito.

Ambos acabaram sendo demitidos. Mas, no Twitter, quem levou a pior foi Richards. “Ela foi submetida a uma terrível campanha de assédio pela internet. Começaram a bombardeá-la com ameaças de estupro e morte; houve até quem publicasse o endereço dela ao lado de uma foto de uma mulher decapitada com a boca coberta por uma fita adesiva”, conta Ronson.

Richards continua sem conseguir emprego e segue sendo alvo de agressões anônimas na internet.

Foto infeliz
No caso de Lindsey Stone, 32, foi uma foto que provocou a destruição de sua reputação online. Ela estava com uma colega de trabalho no Cemitério Nacional de Arlington, na Virgínia (EUA), e decidiu tirar uma foto no Túmulo do Soldado Desconhecido, justo ao lado de uma placa que pedia “silêncio e respeito”.

As duas acharam que seria engraçado aparecer na foto fingindo gritar e mostrando o dedo do meio. Era uma brincadeira das duas: costumavam tirar fotos ao lado de placas, desobedecendo as instruções destas; por exemplo, fumando ao lado de um aviso de proibido fumar.

A ira das redes sociais emergiu um mês depois, quando alguém se deparou com a foto na internet. Críticos acabaram criando uma página – que ganhou popularidade – no Facebook chamada “Demitam Lindsey Stone”.

No dia seguinte, havia câmeras de TV na frente da sua casa. Ela também foi demitida.

No ano seguinte ao incidente, ela mal saiu de casa, afetada pela depressão e pela insônia. Disse a Ronson que não queria ver ninguém, nem ser vista. Tudo por causa de uma foto no Twitter.

“São pessoas que foram totalmente destruídas por pessoas boas como nós”, conta Ronson à rádio BBC Leeds.

“Nas mídias sociais, gostamos de nos ver como defensores dos mais indefesos, travando lutas honrosas, mas a verdade é que temos um poder imenso e não percebemos isso. Então somos brutais com as pessoas e não pensamos muito a respeito. Fazemos com os outros o que temos medo de fazerem conosco”.

Fonte: G1


Confira também o livro Geração de Valor, que, ao contrário da notícia acima, é sobre como se dar bem, na Livraria Roveran.

Os fantásticos benefícios em ler diariamente

os-fantasticos-beneficios-em-ler-diariamente

A leitura é uma das maiores conquistas que o ser humano pode conseguir, pois abre um mundo novo de oportunidades, deixando seu dia a dia mais fácil, sendo um grande diferencial para qualquer um. No entanto, no Brasil a leitura ainda não é uma prática frequente. Em uma pesquisa realizada em 2012 pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o Brasil ficou em 55° dentre 65 economias avaliadas, atrás de países como Chile, Uruguai e Tailândia no quesito leitura de nossos alunos.

A leitura é uma das maiores conquistas que o ser humano pode conseguir, pois abre um mundo novo de oportunidades, deixando seu dia a dia mais fácil, sendo um grande diferencial para qualquer um. No entanto, no Brasil a leitura ainda não é uma prática frequente. Em uma pesquisa realizada em 2012 pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o Brasil ficou em 55° dentre 65 economias avaliadas, atrás de países como Chile, Uruguai e Tailândia no quesito leitura de nossos alunos. Os benefícios para quem lê, seja partes de um livros ou um artigo de revista por dia são vários e podem trazer inúmeros acréscimos para a sua qualidade vida.

Estudos demonstraram que quem estimula o cérebro com a leitura pode prevenir o desenvolvimento de doenças mentais como o Alzheimer. Com a mente ativa, é menor a chance de perda do poder das funções cerebrais, pois um músculo do corpo necessita de exercícios constantes para seu melhor funcionamento. Jogos como xadrez também servem como estimulação cognitiva.

Com a vida agitada de nossa sociedade atual, é comum passarmos boa parte de nosso dia resolvendo problemas e a consequência disso é o estresse inevitável. Um romance bem escrito levar sua mente para lugares nunca imaginados que fazem com que você esqueça qualquer problema de sua rotina. Ler faz com que você relaxe e diminui o estresse, sendo a melhor forma de entretenimento.

É inegável que a pessoa que pratica a leitura como hobbie ou até mesmo que maneira “forçada” devido ao seu trabalho, tem mais chance de adquirir e absorver conhecimento, razão para sermos a espécie dominante do planeta. Além disso, ao contrário de bens materiais como dinheiro, o quanto de sabedoria e conhecimento você possui é o único bem que nenhuma pessoa pode lhe tirar, sendo aquilo que torna as pessoas mais preparadas para os desafios que sempre surgem.

Quando você lê um livro, por exemplo, repleto de diferentes personagens, locais e várias tramas, é preciso guardar tudo em sua mente para absorver a história. Dessa forma, você mantém seu cérebro altamente ativo, fazendo que o sua memória funcione muito bem, melhorando suas atividades diárias, seja no trabalho ou estudando. A cada memória nova que você cria, as existes são fortalecidas, ajudando na recuperação das lembranças em curto e longo prazo.

Em nossa rotina totalmente voltada para a internet com várias páginas abertas e com o mundo dando preferência para quem consegue desenvolver várias tarefas ao mesmo tempo, a leitura se torna essencial para quem precisa ter grande poder de concentração. Quando você lê um livro, toda sua atenção está dentro da história, absorvendo todos os detalhes em seu cérebro. Ler 15 a 20 minutos antes de ir para o trabalho pode ser responsável por um aumento considerável em sua capacidade de se concentrar nas tarefas diárias.

É preciso mais motivos para que você comece a ler um livro hoje?

Fonte: Dica De Saude.


Dê uma olhada na Livraria Roveran e procure um bom livro para você!

A Teoria de Tudo: Promoção Estendida!

Perdeu a promoção anterior? Não fique triste!

Aproveite! Promoção estendida por mais uma semana!

A Teoria de Tudo – Jane Hawking: de R$ 39,90 por R$ 35,50!

ateoriadetudo

Autor: Jane Hawking

Editora: Gente

Sinopse: Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos – entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único. Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre – ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida.


Promoção Livraria Roveran.

Invencível: O livro virou filme

Invencível, filme dirigido por Angelina Jolie 

Angelina Jolie colocou nos cinemas uma das mais famosas histórias de superação dos Estados Unidos. A trajetória de Louis “Louie” Zamperini, de corredor olímpico a prisioneiro no Japão, durante a Segunda Guerra Mundial.

Invencível recria a história de Louie conforme ela foi anteriormente contada no livro Invencível: Uma História de Sobrevivência, Resistência e Redenção, escrito por Laura Hillenbrand – e que ficou 145 semanas entre os mais vendidos do jornal The New York Times.

invencivel

Louie, que morreu no início do mês, aos 97 anos, tornou-se amigo de Jolie – eles eram vizinhos em Hollywood Hills. Jack O’Connell, conhecido por Eden Lake e Skins, assume o papel do esportista e prisioneiro de guerra.


O livro estará em breve na Livraria Roveran.

 

10 dicas para criar o hábito da leitura

Internet, Televisão, Telefone… O que não faltam são opções de entretenimento.

O mundo não para e, a cada dia, surgem novas opções para preencher aquelas horinhas em que o tédio teima em surgir.

Mas e a leitura? Com tudo isso, ela acaba tendo um papel secundário quando o assunto é diversão.

A leitura – essencial para o nosso desenvolvimento – também ajuda a exercitar a imaginação. Mas, se você não tem a leitura como hábito, nós ajudamos! Aproveite nossas dicas e comece hoje mesmo!

Leitura

1) Identifique o que você gosta: busque temas que te chamem a atenção. Esse é o passo inicial para que você possa desenvolver o hábito. Opções não faltam: romance, fantasia, biográfico, drama, aventura, autoajuda, religiosidade e muitos outros!

2) Tipos de texto: texto é sempre igual? Não! Existem histórias mais curtas, como por exemplo os contos, poemas e crônicas.

3) Visite uma biblioteca ou livraria: o “clima” é completamente diferente! Além disso, em bibliotecas municipais é possível emprestar livros, ou seja, não precisa nem gastar uma grana para cultivar o hábito!

4) Crie um espaço de leitura: pode ser onde você quiser! De preferência que seja bem iluminado, arejado e confortável.

Leitura

5) Escute música: isso é opcional, eu por exemplo, não consigo ler com nenhum barulho próximo. Mas existem pessoas que adoram colocar uma musiquinha de background para deixar tudo ainda mais emocionante!

6) Escolha um horário: aproveite o tempinho que sobra em sua rotina. Hora do almoço, no caminho de ida e volta para casa, antes de dormir, nos intervalos das aulas, etc.

7) Converse sobre seus livros: você pode pedir sugestões a amigos, familiares e até professores sobre livros mais simples e que prenderão você na leitura. Além disso, trocar ideias com a galera sobre o que vocês andam lendo é TDB!

8 ) Crie um blog: que tal criar um blog literário? Faça resenhas, críticas, avalie e crie uma rede de amigos interessados no mesmo tema!

9) Aposte nos famosos: procure saber quais são os livros mais vendidos atualmente, e também não se esqueça dos clássicos.

10) Fique de olho no Ler é TDB: sempre postamos por aqui dicas, entrevistas e lançamentos superquentes sobre o mundo da literatura!

E então, gostaram das dicas? Conta pra gente: o que você faz para deixar a leitura ainda mais atraente?

Texto: Melissa Ladeia Marques
Foto: ThinkStock / Getty Images 

Fonte: TodaTeen

Visite também: Livraria Roveran